Dicas de Escrita #2 - Praticando a escrita

10:00 8 Comments A+ a-





Olá queridos leitores, tudo bem com vocês? Espero que tenham gostado do primeiro texto com dicas para novos escritores. Na coluna dessa semana vou abordar um tema muito bacana que é a prática da escrita. Sei que todos que devem estar lendo seus textos ou estão escrevendo ou querem escrever um livro, mas acredito que tanto para quem já tem livros escritos, como principalmente para quem nunca escreveu nada, a prática da escrita é fundamental para aprimorar suas habilidades, testar estilos de escrita, conhecer a opinião do público leitor, dentre outras.

A prática da escrita pode ser feita de diversas maneiras. A primeira maneira de praticarmos é justamente o que estou fazendo nessa coluna: a criação de textos dissertativos. Uma boa tática é a elaboração de resenhas de livros que vocês gostaram e também não gostaram. Podemos ver hoje em dia a gigantesca quantidade de blogs literários e como temos diversos estilos de resenha, que vão desde escritas elaboradas e emocionantes até textos simples, ou sinopses estendidas. Com essa resenha, vocês terão contato com leitores pela primeira vez e poderão melhorar algumas habilidades como ortografia, sentido do texto, interação com leitores e defesa de idéia. O bom que para fazer isso só precisam de boa vontade, porque sites como o skoob oferem espaço para resenhas, por isso é só colocar a mão na massa.

Outra prática de escrita muito comum em alguns escritores e altamente recomendável é a criação de contos. Os contos hoje são considerados a porta de entrada para muito escritores, seja para os novatos ou para aqueles que vão se aventurar em outro estilo, os contos nos permite criar histórias curtas, porém com a grande maioria dos elementos que encontramos nos livros, tais como criação de personagem, clímax, desenvolvimento da trama, superação do final. Geralmente através dos contos já pode-se perceber a qualidade da pessoa em escrever, mesmo sabendo que existem algumas técnicas próprias apenas para contos, mas  os elementos citados são nitidamente perceptíveis e fundamentais para quem quer se aventurar em seu livro solo.

O mais interessante da Antologia é que mais do que publicar em um blog, site, você pode tentar publicar o conto em alguma Antologia. Para quem não sabe, Antologia é o nome dado para um livro composto apenas de contos. Geralmente as Antologias têm algum tema para que os autores elaborem suas histórias e isso permite a um autor criar vários textos e participar de vários livros, podendo testar seu poder de escrita e de divulgação do seu nome. Eu já organizei duas antologias e tive o prazer de lidar com mais de 100 autores. Esse tipo de trabalho me fez conhecer diversas histórias e ver quem estava por trás dos textos. Em muitos contos vi potencial naqueles que os criaram e essa é a afirmação que vocês precisam para então se aventurar em sua obra solo. Diferente do blog, onde os leitores não pagam nada e mais da metade são conhecidos do autor, uma Antologia permite que seu conto seja lido por pessoas completamente desconhecidas, que por estarem pagando pelo valor da obra vão exigir histórias de qualidade, o que garantirá ao autor um feedback sincero, pelo menos na maioria das vezes.

Por último, e não menos importante, ficam as dicas que fogem do ato de escrever, mas que considero uma prática de escrita: manter-se entretido ao máximo. Leiam diversos livros, assistam milhares de filmes, séries, peças de teatro. Ouçam música, observem as pessoas na rua. Tudo o que for entretenimento gera diversão e inspiração. Quantas vezes me lembro de arrumar inspiração vendo Matrix ou ouvindo Linkin Park? Com certeza essa prática fez algumas cenas do meu livro bem mais interessantes, pois eles eram o estopim para minha confiança e desejo de seguir em frente. Praticar a escrita agregando conhecimento é fundamental para todos os autores, principalmente aqueles que escrevem literatura fantástica, que por sinal será bastante abordada na próxima coluna.

Essa foi mais uma coluna Dicas de Escrita! Espero que tenham gostado e deixem seus comentários que responderei quaisquer perguntas que vierem a surgir. Boa sorte e jamais desistam!


- Leandro Schulai

8 comentários

Write comentários
22 de agosto de 2013 14:53 delete

Eu até tenho um blog mais ainda não escrevi nada nele, ainda estou arrumando ele então está fechado, acho também que não o abri porque tenho um pouco de medo de escrever.Tenho algumas ideias mais o meu problema é passar para o papel. Estou adorando as suas dicas.

Reply
avatar
Victor Rosa
AUTHOR
22 de agosto de 2013 16:02 delete

Adorei!! Eu tenho um sério problema de inspiração, não consigo encontrar a estória perfeita, não vem a minha mente :/ Mesmo assim sua coluna está me ajudando demais da conta!!
Super Abraço, Victor Rosa
encantosparalelos.blogspot.com.br

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
22 de agosto de 2013 18:26 delete

Muito bom, adorei essa coluna daqui! Já deu dicas sobre como escrever uma resenha no meu blog, pois vi que muitos blogueiros acham que estão escrevendo uma resenha mas não estão mesmo rs
Acho a escrita de contos difícil, tenho dificuldade com contos e fábulas...

Beijos
O Vitrô

Reply
avatar
22 de agosto de 2013 18:28 delete

Não sou boa com escrita, nunca consegui elaborar uma redação realmente boa na escola, eu realmente não sou boa para expressar bem o que pretendo passar ao leitor... diferente da minha mãe, que é ótima com a escrita, mas puxei ela em outras partes, infelizmente. HAHAHA Gostei muito do texto, ótimas dicas, inspirador para quem curte escrever! (:

Beijos :*
Claris - Plasticodelic

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
23 de agosto de 2013 18:23 delete

Bom adorei o Post hahah sou Horrível em escrever não sou mt criativa!
comecei lendo esse vou para o primeiro/outro post hahaha altas dicas esta de Parabens!

Reply
avatar
schulai
AUTHOR
25 de agosto de 2013 17:08 delete

Obrigado Gabi!! Espero que continue apreciando a coluna!

Reply
avatar
schulai
AUTHOR
25 de agosto de 2013 17:08 delete

Liz pode realizar contos cotidianos como uma situação que presenciou. É um começo...

Bjs!!

Reply
avatar

Obrigado por comentar!