[RESENHA] Para Continuar

12:05 5 Comments A+ a-


PARA CONTINUAR
Autor: Felipe Colbert
ISBN: 9788581637952
Editora: Novas Páginas

| cedido em parceria com a editora |

SKOOB | Compare preços

Mesmo que ele não perceba, a vida de Leonardo, que sofre de um problema chamado cardiomiopatia dilatada idiopática (que faz com que seu sangue não seja bombeado de forma normal), muda quando ele vê uma jovem no metrô. Por alguma razão, ele fica fascinado por ela; linda, de aparência oriental, a jovem conquista Leo de cara e ele decide tentar a sorte ao puxar conversa com ela. Apesar de conseguir se aproximar, ele fica meio indeciso quando a jovem não diz nada e apenas pega um de seus fones e coloca no ouvido dele; mesmo sem entender o que está sendo dito, Leo se envolve com a música, mas quando percebe seu tempo acaba e a jovem vai embora sem que ele saiba seu nome.

A partir daí, sempre que pode, Leo passa a entrar no mesmo vagão para tentar encontrar a garota, até que um dia ele consegue; com o metrô lotado, ele não consegue se aproximar dela e, mais uma vez, seu tempo acaba e ele a vê indo embora. Por impulso, ele decide a seguir.

Logo ele descobre que a jovem se chama Ayako e que ela trabalha numa loja de luminárias japonesas, onde vive com seu avô e Ho, um jovem chinês com problemas mentais que é apaixonado por Ayako. Com o tempo, e contra tudo que lhe é imposto, Leo decide não desistir de Ayako, que pede a ele para se manter longe por causa de Ho, e não desiste de encontrar o seu final feliz ao lado da moça, por quem se apaixona mais e mais a cada dia. Mas o jovem chinês, Ho, pode causar mais problemas que o esperado, colocando em risco a vida de Leonardo e um grande segredo que Ayako está destinada a guardar.

Quando o amor acontece, uma luz se acende.
Depois de me encantar com Belleville, Felipe Colbert me conquista mais uma vez com Para Continuar. Quando soube do lançamento, já fiquei ansioso e já esperava gostar, mas o livro me surpreendeu demais!

Um romance levemente acompanhado de fantasia, Para Continuar é um livro simples, humilde, com uma escrita leve e gostosa de ler, mas com uma história encantadora e original. Todo o mistério sobre o segredo de Ayako e a tensão causada por Ho complementam a narrativa engraçada e apaixonada de Leonardo.

A forma como Felipe Colbert escreve é despretenciosa, sem pressa, nos fazendo ansiar pelo que virá a seguir e apreciar o que já estamos lendo. Felipe prende o leitor do começo ao fim, tanto pela sua escrita, quanto por sua história original; apesar de simples, nunca li nada parecido com o que o autor desenvolveu nesse livro.

Os personagens são de personalidades marcantes, que beiram a relação de amor e ódio; o mais interessante sobre eles é ver como eles evoluem durante a história. Leonardo não é aquele tipo chato de personagem que é definido pela doença e no decorrer do livro ele se torna ainda mais forte e Ayako, uma jovem que acabou, de certa forma, tornando-se submissa do que a vida lhe preparava, evolui tanto quando ele.

Para Continuar é um livro que fala sobre amor, principalmente, mas que também fala sobre amizade, confiança e sobre até onde somos capazes de ir para encontrar nossos finais felizes. Com boas doses de mistério, romance e aventura, é um livro indicado para todos aqueles que gostam de uma boa história, independente de gênero. Vale muito a pena ler ;)


Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.






5 comentários

Write comentários
Érika Rufo
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:30 delete

Fiquei apaixonada por Belleville e parece que o Felipe também não desaponta nesse livro. Parece que o Leonardo e a Ayako vão viver um romance lindo, cheio de encontros e desencontros, assim como acontece na vida. Fiquei curiosa pra saber o que o Ho vai aprontar e qual o segredo da Ayako. Com certeza vai pra lista de desejados!!

Reply
avatar
Ju M
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:45 delete

Já li Belleville desse autor e fiquei meio assim pois não explica como eles se encontram em tempos diferentes, logo não fiquei muito ansiosa por esse livro. Pelo jeito o autor gosta de fantasia, e seguiu por essa linha. Os personagens marcantes e bem delineados é um ponto positivo. Capa linda.

Reply
avatar
7 de novembro de 2015 10:13 delete

Admito, que nunca fui muito de ler livros nacionais, mas ao ler um livro do autor F.Medina, as coisas mudaram, e eu tive que me fazer algumas perguntas que foram em parte um "tapa na cara" para mim mesma, como por exemplo: "Quem lerá um livro seu, publicado aqui no Brasil, se você se mantém tão presa ás leituras estrangeiras?" e outras desse tipo, foram perguntas como esta, porque eu penso em escrever um livro um dia (tenho três em mente, mas tempo é do que nem sempre disponho, então... :c ).

"Para Continuar", é um livro que ainda não li, mas que irei com certeza, porque adoro a cultura japonesa, e vi logo de cara que esse não foi um livro que as ideias vieram em mente e o autor, Felipe Colbert escreveu e nos deu o ingresso para entrar em seu mundo. É muito claro que ele precisou de pesquisas, de deixar um pouquinho o seu mundo criado ali de lado, para pesquisar e entender sobre aquilo que ele queria falar, para não falar algo que não condissesse com aquilo de fato. Acho isso importante, e esse é mesmo um ponto positivo, e um ponto que me faz querer ler o livro dele. Descobri faz pouco tempo, prestando um pouco mais de atenção, o que apontou ali em sua resenha, que este é o mesmo autor de Belleville, e tive a oportunidade de conhece-lo na Bienal aqui de SP, ele me pareceu uma pessoa muito bacana, e quando a pessoa é assim desde seu primeiro livro, ele é também um autor incrível por ser quem é e o que é sempre, isso também é muito importante.

Abraços. :3
Parabéns pela resenha!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
7 de novembro de 2015 10:37 delete

A trama prende o leitor,e promete ser uma leitura legal.
-Dani Silva

Reply
avatar
Sonia
AUTHOR
8 de novembro de 2015 01:34 delete

Ainda não li nenhum livro de Felipe Colbert, mas a temática do livro chamou a minha atenção. Parece uma história fofa e ainda tem um mistério para incrementar.
Sonia Carmo
Retalhos no Mundo

Reply
avatar

Obrigado por comentar!