[RESENHA] Jackaby

03:30 7 Comments A+ a-


JACKABY
Autor: William Ritter
ISBN: 9788567028668
Editora: Única
Jackaby #1

- cedido em parceria com a editora -

SKOOB | Compre na SARAIVA
Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara.

Abigail Rook chega a New Fiddleham lembrando-se do que fez; largou os estudos e usou o dinheiro para ir em busca de sua própria aventura (meio fracassada, pode-se assim dizer); ela estava cansada de ver seu pai participar de toda a ação e ter de se comportar como uma dama, quando o realmente queria era estar junto a ele. 

Decidida a mudar os acontecimentos, ela desembarca em New Fiddleham e parte em busca de um emprego, que pague o suficiente para que ela não precise dormir na rua e ainda sobre um pouco para ela poder se alimentar. Em meio à sua busca, ela se depara com Jackaby, um homem curioso, não levado a sério pelas pessoas da cidade. Ele é um detetive, mas afirma que não é um detetive comum; ele vê o que os outros não veem e sabe o que outros não sabem, e diz que muitas vezes os acontecimentos estão além da compreensão humana. Sem oportunidades além desta e um tanto intrigada, Abigail acaba se tornando sua auxiliar.
Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam a ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com a vista para os bastidores.
Sempre em busca de aventuras, Abigail se sente animada quando já começa seu trabalho em meio a um misterioso caso: mortes estranhas começam a acontecer na cidade, deixando poucas pistas. Jackaby de cara percebe que não se trata de um simples serial killer e precisa driblar a polícia para tentar entrar no caso. Suspeitos começam a aparecer e o perigo se torna mais iminente; Abigail é avisada de que sua morte está próxima, mas quão perto ela está do seu destino? Ninguém é o que parece ser.


Venho esperando pelo lançamento de Jackaby desde o ano passado, quando foi anunciado que a Única o publicaria; já era super afim de lê-lo quando foi lançado no exterior, então foi uma alegria imensa saber da novidade. O livro não é bem o que eu esperava (sabem que não leio sinopses, me interesso pela capa haha), mas nem por isso deixei de adorar a leitura.

Para começar, preciso elogiar a escrita do William Ritter. OMG, que livro lindo de se ler haha A escrita do autor é muito curiosa, divertida e envolvente ao mesmo tempo. O livro tem um estilo bem jovem (nada esperado, levando em conta que a trama se passa em 1800 e alguma coisa e livros do tipo geralmente são mais vintage haha), com uma narrativa repleta de humor e aventura.

Jackaby é um personagem encantador; ele parece meio ranzinza no começo, mas logo se mostra um cara bem doidinho, mas engraçado e super legal. Abigail também não se sai mal; ela é determinada e não tem medo do que pode acontecer, disposta a tudo por seus amigos e pelos seus sonhos. 

A trama dispensa comentários; quando soube que era sobre assassinatos e investigações até desanimei um pouco, pois isso não faz meu estilo, mas estava super enganado. William Ritter nos apresenta uma história incrível, que mistura suspense com fantasia, com uma pegada de urban fantasy que deixa um gostinho de quero mais quando se termina a leitura. Estou desesperado por Beastly Bones, a continuação.

Sobre o físico do livro, só tenho uma coisa a reclamar: na revisão ou diagramação, não sei, pode ter ocorrido um erro da parte da editora. Durante a leitura, alguns dialógos se misturam e logo quando começamos a ler ficamos um pouco confusos; depois de um tempo, dá pra se acostumar, mas realmente precisa ser corrigido. Fora isso, a capa é LINDA DEMAIS <3 e o design interno também fico maravilhoso.

Em suma: LEIAM LOGO ESSE LIVRO!


7 comentários

Write comentários
3 de agosto de 2015 14:26 delete

Oi Henrique ^^
Então, desde o seu lançamento pela editora Única eu venho criando um desejo de ler esse livro. Primeiro foi pela capa, depois pela sinopse.
Eis que finalmente leio uma resenha sobre o enredo e DEFINITIVAMENTE necessito desse livro. Ele me lembrou muito O Chamado do Cuco, com um toque sobrenatural, pois a secretária tem como ambição estar envolvida num caso espetacular.
Sério que a escrita não segue um padrão de época?? Acho que isso pode me incomodar. E poxa, que coisa confusa e frustrante essa dos diálogos embaralhados, hein? Espero que a editora concerte isso.
Enfim, parabéns pela resenha e fico feliz por vc ter curtido o livro mesmo ele não sendo do gênero que vc gosta.
Abraços.

http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

Reply
avatar
Érika Rufo
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:07 delete

Uau, suspense com fantasia!! Adoro.
A capa é linda e a história super me empolgou. Aliás, qualquer história que aborde assuntos sobrenaturais e interessa. Jackaby parece seu personagem super legal e o fato da história se passar no século passado tb e agrada muito. Só não gostei dos diálogos serem misturados, deve se tornar cansativo, né?

Reply
avatar
Ju M
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:35 delete

Eu já gosto de livros que envolvam assassinatos e investigações,adoro dar meus palpites, seguir as pistas e ver se acerto, Ainda mais se junta fantasia, acho que fica uma combinação perfeita.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:44 delete

o enredo me capturou ansiosa para ler ele
-Dani Silva

Reply
avatar
Sara Emanuely
AUTHOR
7 de novembro de 2015 09:45 delete

Oi!
Gosto muito de livros de época e achei legal esse por a Abigail não ser a tipica mocinha que fica em casa mas sim a que vai atras de aventuras e também gostei do Jackaby com esse ar de mistério que trás ao livro

Reply
avatar
7 de novembro de 2015 09:58 delete

O que dizer desse livro? Um dos meus favoritos. *---*

Me lembrou Sherlock Holmes (outro dos meus favoritos. :D), Ghostbusters O.o e The Doctor Who, muitas vezes, e de uma maneira bem misturada, mas é um livro que foge de todos os clichês ( o que busco muito porque é difícil fugir deles hoje em dia. :/). Quando li um pouquinho da sinopse pela primeira vez, achei que era um livro de filosofia, uma biografia de algum filosofo antigo kkk e ai já me desesperei, porque ,poxa vida, que capa linda que trabalho maravilhoso, mas não curto muito filosofia kkk então seria complicado adquirir o livro só pela beleza. :c Mas depois descobri que nãoo, não tinha nada a ver com filosofia, mas que também tinha lá algumas partes filosóficas ao longo da narrativa. ;) O que é bom se encontrar em um livro, que não seja de filosofia por inteiro kkk

Adorei os personagens, e ao terminar a leitura, ainda senti eles vagando pela minha mente, e foi difícil me libertar deles, deve ser porque esperei muito para ler esse livro, e estava cheia de expectativa sobre eles, felizmente, não me decepcionei. :3

Parabéns pela resenha, concordo com você, o livro é um pouco confuso e os diálogos quando se misturam dão um nó na cabeça fazendo muitas vezes ter que voltar alguns parágrafos, mas depois que você se acostuma e já está tão envolvido na história isso não se faz mais necessário. :3

Abraços.

Reply
avatar
Sonia
AUTHOR
8 de novembro de 2015 01:47 delete

Assassinatos e investigações com complemento de sobrenatural já estou dentro. A resenha despertou a minha curiosidade de leitura.
Sonia Carmo
Retalhos no Mundo

Reply
avatar

Obrigado por comentar!