[RESENHA] Para Onde Ela Foi

17:18 12 Comments A+ a-


PARA ONDE ELA FOI
Autora: Gayle Forman
ISBN: 9788581635675
Editora: Novo Conceito
Se Eu Ficar #2

- cedido em parceria com a editora -

SKOOB | Compre na SARAIVA
Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.
[RESENHA] Se Eu Ficar 

Faz três anos que um acidente de carro deixou Mia sem família; três anos desde que ela acordou e, aos poucos, saiu da vida de Adam. Desde então, a vida deles mudou completamente. A Shooting Star, a banda que Adam fazia parte, deu um grande salto na carreira com as músicas que ele escreveu enquanto lidava com a ida de Mia, tornando-se um sucesso mundial. Já Mia, entrou para Julliard e se tornou uma estrela em ascensão, tornando-se um grande nome (jovem) da música clássica.

Durante esse tempo, Adam se isolou. Mesmo com o sucesso da banda, perder Mia foi arrasador para ele. Depressivo, sem amigos, sem ânimo para a vida, ele leva um dia após o outro encarando cada um como uma batalha, perguntando-se sempre o porque de Mia o ter abandonado.
Acabei percebendo que há uma grande diferença entre saber o que aconteceu e saber por que aconteceu, e acreditar nisso.
Então, certa noite, em Nova York, Adam se depara com um concerto onde Mia se apresentará. Movido pelo impulso, ele assiste ao concerto e  planeja ir embora, mas é surpreendido quando um rapaz lhe diz que Mia quer vê-lo em seu camarim.
Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos – não em milhas, não em continentes, não em anos –, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.
Tanto Adam quanto Mia não são mas os mesmos que eram antes. Enquanto Adam decaiu em si mesmo, Mia amadureceu, superando sua perda e se tornando uma grande mulher. Mas, durante essa noite em que eles estarão juntos, fragmentos do passado virão à tona, além de verdades e da resposta à grande pergunta: por que?

Para Onde Ela Foi é a continuação do bestseller Se Eu Ficar, de Gayle Forman, que foi adaptado aos cinemas com Chloe Grace Moretz protagonizando Mia. Dessa vez, a narração é do ponto de vista de Adam. Admito que nunca gostei muito dele e isso afetou um pouco a leitura, mas a narrativa de Gayle Forman continua tão envolvente quanto no primeiro livro.

Cá entre nós, eu achava meio desnecessária essa continuação. Tudo bem, eu gostei de passar mais um tempo com a Mia e saber o que aconteceu depois de Se Eu Ficar, mas, para mim, o primeiro livro tinha fechado todas as pontas e, apesar de ter deixado um final especulativo, foi bastante satisfatório.

Como eu já disse, não gosto do Adam e Para Onde Ela Foi nunca chegará aos pés do primeiro livro. Adam é muito chato e fica bem pior nesse livro (um pé no saco). O decorrer da história fica bem melhor no momento em que Mia aparece. Apesar disso, o livro é bem legal. A partir do momento em que eles se encontram, o livro fica bom, resgatando traços do primeiro livro. 

Lendo outras resenhas, li uma na qual a resenhista dizia não ter gostado do fato de Gayle Forman ter colocado o livro nas mãos do Adam, como se ele tivesse sido mais afetado por tudo aquilo do que a própria Mia. E, obviamente, eu concordo com essa pessoa. Não tem nem comparação perder toda a sua família de uma só vez com um cara chato que fica mais chato ainda porque a namorada abandonou ele (tá, ele ama ela, mas mesmo assim não tem comparação).

O que achei legal? Como a vida deles seguiu, o sucesso que fizeram (um sucesso negligenciado pelo chato do Adam) e o reencontro deles, que serviu para dar uma visão mais ampla sobre tudo o que aconteceu (além da escrita impecável da autora, óbvio). O que eu não gostei? A narração pelo ponto de vista de Adam, o cara chato (sim, repetindo "chato" várias vezes) que ele se tornou e outra coisa que não vou dizer para não dar spoiller. Uma nota? Três estrelas.

Uma coisa que amei nesse livro foi a capa. Adorei de verdade; toda a tipologia, a modelo, as cores... ficou incrível! E achei bem legal também os trechos das músicas da Shooting Star no início dos capítulos, que dariam boas músicas de verdade. A diagramação segue o mesmo estilo do primeiro livro.

Bom, é isso. Teve gente que adorou (principalmente quem adora o Adam), outros que nem tanto (como eu)... Se você já leu Se Eu Ficar, e achou que por aí basta, legal, mas é sempre bom tirar suas próprias conclusões, não é?



12 comentários

Write comentários
Unknown
AUTHOR
20 de novembro de 2014 19:18 delete

Eu vou ser sincera e dizer que eu não gostei nem do primeiro e muito menos do segundo. Achei o primeiro chato demais, tive que me esforçar pra acabar a leitura. E comecei 'Para onde ela foi', porque odeio deixar alguma coisa inacabada e achei que esse seria melhor que o primeiro. Mas, continua a mesma coisa. A Mia até que cresceu um pouquinho, mas continua um pé no saco e o Adam.... Ah, Adam! Esse aí não tem salvação. É bem difícil eu não gostar de um personagem masculino, porque na maioria das vezes eu amo todos, mas o Adam não passou na minha garganta. Não sei se é porque eu não curto muito esse tipo de livro, se é porque criei muitas expectativas, ou se realmente não é bom. Pode ser que outro livro que ela escreva possa me agradar, porque até agora nenhuma das obras dela conseguiram.

PS: Também não gostei do filme.

Reply
avatar
Ana Paula
AUTHOR
21 de novembro de 2014 04:19 delete

Bem, ao contrário de vc, não gostei muito de Se eu ficar. Achei a história bem bobinha e no final, quando as coisas começavam a ficar interessantes... acabou! kkkkk
Não pretendo ler esta continuação, só se eu ganhar, ai leio, mas comprar? De jeito nenhum! rsrsrsrsrs

Bjo bjo^^

Reply
avatar
Rob
AUTHOR
21 de novembro de 2014 08:49 delete

Olá, tudo bom?

Ainda não li o primeiro livro, mas fiquei sabendo que o filme é melhor. Então, a vontade está bem pequenininha ainda. Mas gostei da sua resenha! Acho que não pretendo comprá-lo (não comprei nem o primeiro kkk). Que pena que não gostou do filme. =(

Beijos, Rob
http://estantedarob.blogspot.com.br

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
21 de novembro de 2014 10:55 delete

Sinceramente não sei o que esperar deste livro.
Henrique, você gostou de Se eu ficar, mas não gostou muito de Para onde ela foi.
Okay, eu não gostei de Se eu ficar, achei o livro chato. Quando eu pensei que ia ficar melhorzinho, acabou. O que eu mais gostei foi do inicio com a família da Mia.
Sinceramente eu até que gosto do Adam, mas não suporto a Mia (engraçado como pensamos diferente).
Eu não tenho intensão nenhuma de ler Para onde ela foi, o primeiro livro foi o suficiente pra mim (claro, se eu ganhar eu leio, mas não vou me abalar e correr para compra-lo). Embora eu tenha achado interessante você ter citado que os capítulos começam com trechos de músicas da Shooting Star.
Eu assisti ao filme e achei mil vezes melhor que o livro.
Nunca vou entender porque tanta gente morre de amores por esse livro, mas repeito o gosto dos outros.
Bjos

Reply
avatar
Girlene Viey
AUTHOR
22 de novembro de 2014 05:41 delete

Ja li o primiero livro, confesso que estou
muito curiosa pra ler a continuação ainda mais
em sabe que agora sera narrado pelo Adam! Se eu ficar
eu gostei então acho que este não vai ser diferente!

Reply
avatar
Janaina Silva
AUTHOR
22 de novembro de 2014 10:21 delete

Esses dois livros são bem controversos.
Ainda hoje li uma resenha do segundo livro,onde a blogueira gostou muito mais do segundo livro do que do primeiro.
Ela disse que achou a leitura do livro "Se eu Ficar",arrastada demais!
E que do "Para Onde Ela Foi",muito mais fluída.
Bem...Sempre tive o pé atrás com essa história. Talvez por isso não tive vontade de adquiri-los.

Acho que não lerei nenhum dos dois.Só se os ganhar de presente. ;)

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
24 de novembro de 2014 14:27 delete

Olá, Henrique!

Li os dois livros e concordo com você. O Adam do segundo livro é um tanto quanto sem graça, não chega nem aos pés do 'Adam' que conhecemos em Se Eu Ficar. Acho que a autora pecou nesse quesito, mas paciência!

Até logo,
Sérgio H.

www.decaranasletras.blogspot.com

Reply
avatar
26 de novembro de 2014 07:17 delete

kkkkkkkkkkk depois de tanto chatoos ate me desanimou a ler esse livro kkkk imaginava ser bem legal so que nunca tinha lido a resenha e achava que o final era outro aah mais vou ler assim msm vamos ver neh kk

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
27 de novembro de 2014 12:49 delete

Já li várias resenhas positivas sobre o livro Se Eu Ficar, mais em comparação a esse não teve muitas pessoas gostando.
Na minha opinião ( não li o livro, mais estou dando ) o livro devia ser dividido entre as narrações de Mia e Adam ou uma narração em terceira pessoa. Pois se só tiver narrações do Adam vai ficar meio chato.
Tudo bem que o Adam ficou deprimido, mais com certeza Mia sofreu mais do que ele.
Enfim, perder parentes próximos não é facil.

Reply
avatar
Moniiqueta
AUTHOR
27 de novembro de 2014 13:11 delete

Oieee Henrique *-*
Então acho que esse é o grande problema atualmente com as autoras e suas boas histórias..Elas escrevem e fazem sucesso, pq é BOA e tocante, aí as editoras querem mais e mais da história então começam a sair versões e versões que não acabam mais e isso desgasta a história, pelo menos para mim..
Lembro que quando li "Se eu ficar" chorei muito, pela história, não sei lidar bem com mortes e com a batalha da Mia...E concordo com vc..não achei que haveria necessidade de uma continuação..algumas histórias não precisam de continuação...elas não precisam de fim..
Não sei se me interesso pela continuação..

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
30 de novembro de 2014 10:30 delete

Não pretendo ler esse livro porque achei ridículo a autora fazer com que a menina ficasse e depois os dois não ficarem juntos. Mesmo que eles se juntem no final, não pretendo mais ler essa duologia. E sim, eu também achei beeeem desnecessária essa continuação, achei que a autora fez isso só porque sabia que ia vender.

Reply
avatar
Caroline
AUTHOR
30 de novembro de 2014 12:39 delete

Oi Henrique...
Diferente de muita gente eu não fiquei louca ou ansiosa pra ler esse livro, não gostei muito de Se eu ficar, isso me deixou com o pé atrás. Então a Dyva vai ler e resenhar. Em se eu ficar achei chata a Mia, não consegui conectar-me com a história, e Adam parece ser meio chato tbm heim, não saber lidar com a separação. Beijos!

Reply
avatar

Obrigado por comentar!