[RESENHA] Need for Speed

15:43 3 Comments A+ a-



NEED FOR SPEED
Autor: Brian Kelleher
ISBN: 9788567028170


Editora: Única

- cedido em parceria com a editora -

SKOOB | Compre na LOJA DA EDITORA
O sucesso dos games agora em livro e nos cinemas! Tobey Marshall é uma lenda no mundo das corridas de rua. Agora que ele está aposentado, seu único desejo é tocar a oficina do pai junto com os amigos e membros do seu ex-time de corrida. Mas um último desafio feito por um velho parceiro acaba levando um de seus amigos à morte e Tobey para a cadeia, acusado de um crime que não cometeu. Três anos depois, Tobey é solto. Entretanto, está completamente sem opções. Sua equipe se dispersou e a oficina não existe mais. A única esperança para Tobey surge em uma proposta tentadora, uma corrida incrível que contará com pilotos de todo o país em um desafio lendário em ruas públicas até a Califórnia. Suas chances são boas, mas um velho inimigo está determinado a derrotá-lo. Perseguições em alta velocidade, descrições perfeitas dos carros tunados e exóticos, emoções perigosas e uma aventura surpreendente. As páginas deste livro elevarão a adrenalina do leitor.
Não é nenhuma novidade a crescente ascensão de livros baseados em games. Eu já esperava por isso e, como um jogador do game, fiquei muito alegre quando soube que Need for Speed chegaria às páginas. A franquia dos games é extremamente conhecida no mundo dos jogos há anos, com mais de 20 jogos (divididos em três gerações) desde o primeiro lançamento. 

O livro fala sobre Tobey Marshall, um rapaz jovem que tenta manter a oficina do seu pai em funcionamento com a ajuda da sua equipe. Infelizmente, os negócios não andam bem e Tobey já não sabe o que fazer para pagar as dívidas.

Uma oportunidade aparece quando Tobey, que é muito conhecido por suas habilidades nas pistas, entra numa corrida a aposta uma grana alta na esperança de vencer e multiplicar o dinheiro. Obviamente, ele vence. O dinheiro pode ajudar por algum tempo, mas não para sempre.

Então aparece um velho conhecido, um inimigo antigo de Tobey, desde que eles estudavam juntos. Ele oferece uma grana alta para a equipe da Marshall Motors consertarem e tunarem um carro que é uma lenda entre os fãs de corrida de rua. Depois de muito pensar, Tobey aceita e eles dão o seu melhor no trabalho. Depois de vender o carro, o rapaz oferece a grande oportunidade para Tobey: se ele o vencer numa corrida novamente, ele leva 75% dos lucros no carro, em vez de apenas 25%. E isso é muito dinheiro para negar a oferta. 

Tobey aceita a oferta e, junto com um dos rapazes da oficina, ele parte numa disputa acirrada pelo grande prêmio, não sabendo que isso levaria à morte do seu amigo e de anos de prisão por levar a culpa. Injustiçado e aprendendo a conviver com a dor da perda de um irmão, Tobey faz da prisão um local de fortalecimento e planeja grandes feitos para quando sair.

Baseado nos jogos e no filme recém lançado pela Dreamworks, Need for Speed não atendeu às minhas expectativas, mas ainda assim se saiu muito bom. O livro é narrado em terceira pessoa, o que talvez tenha comprometido a emoção a mais que o livro poderia ter, e às vezes tira o foco de Tobey. 

Brian Kelleher talvez não fosse o mais apto para uma adaptação de algo tão grande quanto Need for Speed, e tirando a grande fixação dele por termos adversativos (entretanto, porém, contudo, etc) que ele usa muito, a narrativa é leve e de rápida leitura. Há também o uso de informações mais técnicas sobre carros, mas não vou julgar por isso, já que sou eu quem não entende nada de carros. 

Eu esperava mais, mas ainda assim achei até satisfatório o resultado do livro. Não me levou ao êxtase, mas conseguiu ser realmente intrigante em boas partes e me fez sorrir em outras, além de me deixar triste pela morte do melhor personagem que tinha no livro (estou pensando se Brian não faz parte da nova geração de assassinos). Recomendo a leitura, mesmo para quem não gosta da temática. Need for Speed vai muito além de apenas corridas.




3 comentários

Write comentários
31 de março de 2014 16:21 delete

Confesso que sempre que pude joguei Need com meu irmão, mas nunca tive interesse por filmes e outras coisas sobre corrido além disso. Na verdade gosto de Formula 1 kkkkk.
Gostei da resenha, e pelo que vi a historio deve ser bem interessante quem sabe acabo lendo né.
Abraços
Vivi

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
31 de março de 2014 19:10 delete

Oi, marido!
Estou doidinha da silva pra ler o livro e assistir ao filme. Amo corrida de carros, acho que nesse requisito sou um moleque!
Adorei sua resenha, você escreve bem, hein, marido. Acrescentarei isso a sua lista de qualidades ;)
Beijos!
Garota Liber

Reply
avatar
Melissa Leal.
AUTHOR
5 de abril de 2014 16:29 delete

Sou apaixonada por filmes de corrida. Imagina um livro? Mal posso esperar para lê-lo. A história parece ser envolvente do começo ao fim. Tá na lista de " preciso urgentementeeee!" (:

Reply
avatar

Obrigado por comentar!