Um pouco sobre: Lucas Moraga

12:22 11 Comments A+ a-

Boa tarde, leitores! "Um pouco sobre..." é uma espécie de entrevista, onde conheceremos mais um pouco de cada autor e sobre suas obras. O autor escolhido de hoje foi Lucas Moraga. Lucas é, até então, um autor independente, pois ainda não teve sua obra publicada por uma editora. Eu, Henrique, fiz algumas perguntas a ele sobre sua vida e sobre o que levou ele a escrever esse livro. No final, confiram capa e sinopse do livro. É um livro muito promissor e eu ainda não vi motivo para não ter sido publicado! Vamos lá?


Fascínios Literários: Defina-se em poucas palavras. Quem é você?

 Nascido para criar dragões em mundos fantásticos e reais. Em seus vários sentidos.

Fascínios Literários: Quando você recebeu o insight e soube que queria escrever um livro?

Foi há bastante tempo, tem uns 6 anos mais ou menos. Mas não era sobre Hospedeira das Cinzas. Foi quando eu disse: "É cara, eu posso fazer isso"

Fascínios Literários: Qual foi seu primeiro livro escrito? Qual a sensação de ter concluído sua obra?

O primeiro a terminar foi Hospedeira das Cinzas. E a sensação é inteiramente indescritível. Tomei banho de chuva nesse dia, isso descreve eu acho.

Fascínios Literários: O que foi mais difícil antes de escrever e durante a escrita? E o que está sendo mais difícil agora?

Bom, durante a escrita foi desenvolver a historia sem deixar furos e sem contar MUITA coisa, além de enfrentar as praguinhas dos bloqueios criativos que me pegaram por longos 2 meses, mas passou. Hoje em dia o que está sendo mais difícil é a procura por editoras e encarar isso não apenas como um divertimento, mas como um sonho realizável de fato.

Fascínios Literários: e antes?

Antes foi não tratar a escrita como qualquer coisa.
Assumir o que ela significava pra mim.

Fascínios Literários: Qual foi sua motivação para escrever um livro? Alguma obra, algum autor, filme ou série o inspirou?

Muita coisa me inspirou. Desde filmes a livros.
Mas de longe Martin com Guerra dos Tronos me deu um impulso muito forte. Pra criar um mundo. E seus devidos costumes.

Fascínios Literários: O que você mais gosta em A Hospedeira das Cinzas?

Primeiro tire o "A"(não coloque isso hahaha, acho feiinho) Apenas, Hospedeira das Cinzas. Mas sim, eu gosto de muita coisa nele. Mas a maior delas é a relação fraternal de Aurora e Lunno. E como isso evolui com o passar das páginas no livro, tanto positivamente como negativamente.

Fascínios Literários: (haha) Desculpe! Diga um livro, além do seu próprio, que você tem um carinho especial.

Ah, sem sombra de dúvidas As Crônicas de Nárnia inteira!

Fascínios Literários: Fale um pouco sobre seus hobbies e se algum deles influenciou na escrita.

Eu tenho vários e se eu listar vou passar dos caracteres permitidos, certeza. Mas depois da escrita o maior deles é o cinema em si. Adoro tudo relacionado ao cinema, a história dele, o que o compõe como um todo. E fotografia também. E ambos me influenciaram em algumas questões no meu segundo livro escrito.

Fascínios Literários: Como está sendo a aceitação dos leitores para com Hospedeira das Cinzas?

Olha, pelo que eu observo a aceitação é muito boa. E eu espero que com o lançamento isso tende a aumentar.

Em um lugar onde guerras sacudiam a superfície e os deuses moldavam o destino das criaturas, o mal está à espreita para tomar gosto pela chama do fogo. Zeus, como forma de proteção, selou o espírito de cinco entidades cósmicas em cinco criaturas distintas. Quando a jovem Aurora Bellator se vê no meio de um conflito interno contra sua entidade aprisionada, ela descobre que está condenada a um profético destino. Amores acompanhados por catástrofes, traições e morte a guiariam por um caminho incerto e seu temperamento difícil poderia ser o estopim de sua ruína. Entretanto, houve tempos de paz. Tempos onde não se ouviam rumores de possíveis guerras e festivais de sangue a céu aberto. Tempos onde as crianças podiam correr sem desprendimentos pelos pátios dos reinos. Mas, neblinas de um novo caos estão se aproximando e a pacífica Terdállia vai se tornar palco de sangue nos dias que virão...
Quanto mais forte o hospedeiro, mais perigosa é a entidade. Juntos, eles são pacíficos e detém o controle. Separados são destrutivos e sanguinários. Você conseguiria controlar algo dentro de você que está prestes a explodir?

E então, o que acharam do livro? Se 
identificaram um pouco com o autor? Comentem!

11 comentários

Write comentários
Kel Araujo
AUTHOR
15 de fevereiro de 2014 05:40 delete

Que capa irada a do livro dele *.* Babando aqui! Ahhh quero tanto ler As Crônicas de Nárnia! Só vi os filmes e adorei. Também sou uma apaixonada por fotografia!!!

beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Reply
avatar
15 de fevereiro de 2014 14:48 delete

Que capa linda *------* e concordo com ele pq as Crônicas de Nárnia é minha paixão eterna <3 <3 <3

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
15 de fevereiro de 2014 20:07 delete

Oi Henrique, gostei muito da entrevista e suas perguntas foram ótimas! Adorei o autor, e a capa do livro é linda mesmo! Gosto de dragões também, do Martin e de Nárnia, então acredito que o livro dele, com essas influências, seja um livro que eu gostaria de ler!
Quero a sensação de um livro finalizado também!
Beijão
Endless Poem

Reply
avatar
Amanda T.
AUTHOR
16 de fevereiro de 2014 12:03 delete

Se ele tem George Martin como inspiração, os livros devem ser no mínimo bons. As cronicas de Narnia <3 não conhecia o autor ou o livro, e fiquei encantada com essa capa!

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Reply
avatar
17 de fevereiro de 2014 02:05 delete

Oi Henrique, tudo bem?
Adoro dragões!!!!!! E como o autor adorei Crônicas de Narnia!!! Banho na chuva é tudo!!! Não conhecia esse autor e nem sua história, gostei da capa do livro e fiquei interessada.
Sucesso para o autor, boa sorte.
Vim conhecer o seu blog e já estou seguindo.
Venha me visitar.
beijinhos.
cila-leitora voraz
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/2014/02/resenha-do-livro-louca-por-voce.html

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
18 de fevereiro de 2014 03:20 delete

Nossa, adorei esse cantinho literário. Já estou no fã-clube do Lucas há um tempinho. Acho que nesse meio tempo, a gente ficou mais próximo, tipo amigos de longa data (hehe... até pedi a ele que escrevesse isso na dedicatória do meu livro, quando sair). Toda a sorte do mundo pra você, meu amigo.

Reply
avatar
18 de fevereiro de 2014 16:17 delete

Adorei a entrevista, sempre gosto de saber mais sobre os autores.
Do livro ele parece ser muito bom mesmo e a capa é maravilhosa.
Abraços
Vivi

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
19 de fevereiro de 2014 13:08 delete

Gostei de mais da entrevista, pena que nao conheci ante o livro do guri, achei muito bom.



xx

Reply
avatar
Victor Rosa
AUTHOR
19 de fevereiro de 2014 16:17 delete

Se o conteúdo for tão bom quanto a capa o sucesso já está garantido!!
Gostei do autor, tão simpático :)
Super Abraço, Victor Rosa
encantosparalelos.blogspot.com

Reply
avatar
19 de fevereiro de 2014 18:01 delete

Adorei a capa!!
Foi tu que fez Henrique?? Hahahaha...
Adorei a histo´ria, que mundo incrivel que ele criou!! To babando aqui!!

Achei tão *__* #piadainterna

Beijinhos
Sou eu... Pri!

Reply
avatar
25 de fevereiro de 2014 11:14 delete

Eu amei a capa do livro dele, e a sinopse realmente me atraiu!
Eu curti bastante "As Crônicas de Nárnia", mas não gostei muito de alguns dos livros (Achei um absurdo eles entrarem em Nárnia por um quadro! Gente, quem entra num quadro?!)
E realmente deve ser difícil se auto-publicar, a divulgação fica bem mais complicada! Ele está de parabéns!
Beijos,
Own mine

Reply
avatar

Obrigado por comentar!