[RESENHA] O Teste

14:33 5 Comments A+ a-


O TESTE
Autora: Joelle Charbonneau
ISBN: 9788567028231
Editora: Única
O Teste #1

SKOOB | Compre na LOJA DA EDITORA 
No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?
O que Malencia Vale, ou Cia, mais queria era ser selecionada para o Teste, um programa do governo que seleciona os mais capacitados para frequentarem uma universidade e então se tornarem líderes do novo mundo pós-guerra. 

Então chega o grande dia de sua formatura e, depois de uma confusão, Cia descobre que foi selecionada para o Teste. Sua mãe irradia orgulho, mas por algum motivo seu pai não parece tão feliz por ela. Seu pai, agora de grande ajuda para a Colônia Cinco Lagos, foi selecionado para o Teste e conta para Cia que desconfia que O Teste não é o que parece ser.

Apesar de sua memória ter sido apagada após o final do Teste, como a de todos os candidatos, ele frequentemente tem pesadelos com pessoas que mal se lembra em lugares que não se lembra de ter estado. Mas, o mais importante é o conselho que ele dá a Cia: não confie em ninguém.

Cia parte para o Teste, levando seriamente os conselhos do pai e analisando tudo o que acontece ao seu redor desde o momento em que foi entregue ao oficial responsável por levar ela e os outros candidatos selecionados da sua Colônia, dentre eles Tomas, um amigo em quem Cia decide confiar.

O Teste se divide em vários estágios e à medida que o tempo vai passando, Cia percebe que eles estão sendo analisados por cada ação, mesmo que não diretamente, e vai descobrindo segredos que podem custar a sua vida e a vida de quem ela ama caso ela não esconda para si mesma, segredos que envolvem tanto o Teste quanto as pessoas nele envolvidas. Agora selecionada, Cia não tem mais escolhas a não ser jogar o jogo macabro do Teste, fazendo de tudo e contando com a ajuda de Tomas para vencer e salvar a si mesma e à sua família.

O Teste é, como posso dizer... intrigante. A trama governamental não se mostra dominante, mas também não é esquecida. O mesmo pode ser dito do romance, apesar de esse ser bem menos visível durante o enredo. A trama é bem construída e o mundo pós-guerra criado por Joelle é bem convincente.

Não gosto de fazer comparações, mas o livro tem semelhanças com Divergente e Jogos Vorazes, como todo mundo já deve saber. A narrativa também é um pouco parecida com a de Divergente... às vezes eu achava que estava lendo o tal!

A leitura foi prazerosa. Não posso dizer que foi fluída... me senti meio preso em partes do livro nas quais a narrativa se tornava lenta, mas logo ela voltava com a incrível sensação que o leitor sente de estar vivenciando o que se passa no livro. Os personagens são um pouco mistos. Enquanto eu me apegava a Cia, não conseguia me apegar a outros; alguns, que eu deveria odiar, não me despertavam nenhum sentimento.

Como quase sempre, avalio o livro com quatro estrelas. Não está entre minhas distopias favoritas, mas sem dúvida estou ansioso para ler a continuação, que será lançada em breve, chamada Estudo Independente. Não preciso nem dizer o quanto essa capa é incrível, não é? A diagramação é simples, mas elegante. O acabamento físico do livro não deixa a desejar (vem com marcador destacável!).

Apesar de todos os poréns, O Teste se mostrou uma distopia incrível e que tem tudo que uma série precisa para fazer sucesso: boa escrita e trama convincente. Recomendo a leitura.







5 comentários

Write comentários
Unknown
AUTHOR
27 de junho de 2014 20:17 delete

Esse livro sempre me lembra jogos vorazes, seilá porquê. E isso não me motiva nem um pouco a lê-lo, já que tive uma decepção quando soube um spoiler do final da série e parei de ler Jogos Vorazes.
Livros que não me animam, nunca mudam, hahaha

Um beijo,
Livrologias.blogspot.com

Reply
avatar
Amanda T.
AUTHOR
28 de junho de 2014 20:09 delete

Heey!

Juro que li o nome da menina como "Melancia" kkkkkkkkkkk meu Deus, só eu mesmo! Enfim... Estou de olho nesse livro, adorei a capa (me lembrou as da trilogia Legend) e distopias sempre acabam na minha lista de desejados. Ah, marcador destacável <3

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Reply
avatar
28 de junho de 2014 21:48 delete

Oi Rick!
Estou querendo muito esse livro, mas essa coisa de solicitar apenas UM à Unica me mata! Tenho um milhão na frente!!!!! Hahahaha Que droga.
E bateu o desespero por saber que já saiu o segundo...
Estou gostando da editora ter colocado os marcadores destacáveis no fim do livro... Fez isso com a Saga Encantadas também!

Beijinhos
Sou eu... Pri!

Reply
avatar
29 de junho de 2014 07:35 delete

A capa é incrivel mesmo!
a cada resenha que vejo desse livro minha vontade de ler aumenta muito
eu ri quando vi o nome Melancia... kkkkkkkkkkkkkkkkk

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
27 de novembro de 2014 13:53 delete

Desculpa mais vc ta enganada ou nao a escolha e sua mas primeiro antes de jugar leia o livro o teste e depois de a sua opiniao.o livro e muito bom mao me decepsonei pelo contrario eu amei o livro e incrivel cheio de tensao,suspense e um bom romance.muitos dizem q parece com jogos vorazes e divergente eu nao li nenhu dos dois porem acha que cada livro tem a sua direfença e foi a diferença da historia q me motivou a ler e n me arrependo.vou logo dizer o desfecho foi bem elaborado nao gostei de alguma mortes mas em todas destooia tem drama fazer o q.porem o final do livro o teste foi show ,foi um final feliz. tem alguns erros de portugues e pq eu escrevi muito rapido.

Reply
avatar

Obrigado por comentar!